• Nas asas de Matt: nova descolagem

    di
      il 02 agosto 2008
      Matt quer ganhar uns trocos,  e quer faze-lo vendendo-nos a sua sardinha ou, no seu caso, a sua energia. Dois videos e uma ideia simples como só as boas ideias sabem sê-lo. Ele passa o dia a dançar e os vizinhos a... desfrutar! A poesia é a arte da sugestão e faz florir as emoções. A poesia separa-se das emoções para poder ligar-se entre elas. A poesia começa e acaba com um olhar sobre o Homem.
    • Thomas Nispola: surrealismo contemporâneo

      di il 11 aprile 2008
      Thomas Nispola guarda ainda o olhar descarado típico dos jovens poetas. Jornalista em Toulouse, redactor na revista , uma revista de cultura e actualidade italiana, Thomas Nispola mantém os seus olhos bem abertos para o mundo: através dos seus versos desnudos, oferece-nos uma visão um pouco desenraizada da sociedade actual.
    • António Gamoneda: “A poesia não muda o mundo, mas lima e intensifica as consciências”

      di il 04 aprile 2008
      Num dos principais hotéis de São Roque (em Andaluzia, Espanha) António Gamoneda (76 anos) aproveita para descansar, antes de proferir a sua conferência. Durante esta pausa, tivemos oportunidade de falar com este soberano criador, que ainda surpreende pela sua capacidade comunicativa e poética, mas também pela sua humildade sem adornos.
    • Será a Constituição um poema, ou não?

      di il 25 gennaio 2008
      Estamos a assistir a um gesto de bravura e de compromisso político por parte de alguns poetas europeus. Empenhados no desafio de fazer ressuscitar a infeliz Constituição Europeia, a inovação deste colectivo, passa por (re)escrever a Constituição, só que desta vez, em verso!
    • Em memória de Henri Chopin e Jordi Pope

      di il 15 gennaio 2008
      Alguns estudos começam a prová-lo. As pessoas morrem mais, depois das festas de fim de ano. Os poetas, sempre mais vulneráveis a tudo, não são excepção. Este mês, perdemos a presença de duas personagens inimitáveis da poesia contemporânea: Henri Chopin e Jordi Pope.
    • AJO: Striptease Cardiovascular à base de micro-poesia

      di il 12 gennaio 2008
      Striptease Cardiovascular é o nome do espectáculo da micro-poeta espanhola AJO. A sua obra é rainha nas noites underground de Madrid. Quanto aos seus dardos poéticos, eles representam uma ode à liberdade criativa sem igual: subtil, ajustada, concreta, mordaz. Pura irreverência face aos formalismos líricos. AJO, é a extra académica que os académicos não vão querer perder mais de vista.
    • Trieste: Poetry Slam

      di il 09 gennaio 2008
      Cidade europeia, cenário de inspiração para muitos nomes da cena poética do passado, mas também do presente: Trieste vive um período de relançamento literário, nomeadamente poético. A cidade italiana acolhe agora a 3ª edição do Trieste Poetry Slam.
    • Tarek Eltayeb : "Mahfuz pedia-me para ler a minha poesia"

      di
        il 09 gennaio 2008
        Dezembro cintilante em Viena. Café Ritter, lugar emblemático da cidade. Entre uma visita à feira de Natal e uma escapadela ao Museu Leopoldo, onde ainda se pode respirar os ares da nouvelle vague artística do início do século XX, nomeadamente em quadros deShiele e Gustav Klimt, encontramos Tarek Eltayeb, um dos mais reputados poetas egípcios do momento.
      • Alegre fim de 2007

        di il 18 dicembre 2007
        Despedimo-nos do ano de 2007 com a proposta de duas peças soltas do poeta contemporâneo português Manuel Alegre.